6 ocasiões que você pode precisar de um contador

Lidar com alguns procedimentos burocráticos de uma empresa, não é tarefa fácil aqui no Brasil. Assim, para que o empresário tenha a certeza do que precisa entregar para os órgãos públicos é preciso contratar os serviços de um contador.

Mas não é apenas as empresas que precisam do auxílio de um contador. Existem outras pessoas ou ambientes que precisam dos serviços desse profissional. Conheça agora algumas ocasiões em que você pode precisar de um contador.

Gestão de empresas

O contador é o profissional responsável por registrar a empresa nos órgãos necessários, além de obter o alvará de funcionamento. Apenas depois disso é que a empresa pode começar suas atividades.

Ele também é responsável por produzir contratos de trabalhos e juntar todos os documentos necessários para a contratação de empregados. O contador também pode ser encarregado de fazer todo mês o fechamento da folha de pagamento, fazendo cálculos com respeito a horas extras e faltas.

Para aqueles que possuem um pequeno empreendimento, esse profissional atua como departamento de pessoal, seguindo cada período da vida do trabalhador: calculando as férias, fazendo modificações na carteira de trabalho com relação a ofícios e remunerações, além de produzir a documentação de rescisão.

Além de tudo, o contador precisa estar ciente da condição financeira do negócio, das contas que precisam ser pagas, dos ganhos e dos gastos, investimentos feitos, empréstimos realizados e outros. Ele também é encarregado de gerar demonstrações financeiras, além de calcular e fazer a emissão de guias de impostos para que sejam pagas.

Declaração de IR

O contador também é importante nessa ocasião. Muitas pessoas que precisam todos os anos fazer sua declaração do Imposto de Renda, recorrem a um contador na certeza de que sua declaração vai ser feita de modo correto.

Para isso, a contabilidade consultiva é uma excelente opção para quem não quer cair na malha fina da Receita Federal.

Perícia contábil

Em casos em que precisa haver uma perícia contábil, o contador produz um laudo pericial em que inclui provas importantes para determinar a solução do caso. Dessa forma, ele faz vistorias, investigações e análises.

Neste caso, o contador vai trabalhar em um específico caso, e pode fazer isso junto com assistentes técnicos, que as pessoas envolvidas em questão, podem recomendar para avaliar a perícia.

Auditoria contábil

Nesse âmbito, o contador tem o trabalho de analisar com exatidão os dados informados nos registros contábeis. Ele verifica o balanço patrimonial, as demonstrações, os lucros e as despesas e outros aspectos, com a intenção de impedir irregularidades e fraudes.

Controladoria

Nessa área, o contador começa sua função analisando o planejamento tático da evolução do negócio e os padrões de qualidades determinados. Com foco nos resultados que o negócio precisa alcançar, o contador estabelece os padrões de controle que vai ser imposto aos resultados conseguidos.

Assim, é feito um estudo comparativo quanto aos padrões determinados e os resultados atingidos, indicando possíveis desvios. Depois dessa avaliação, é feito um relatório o grau de comprometimento em relação aos objetivos da empresa.

Atuária

Nesse âmbito, o contador trabalha especialmente em 3 fatores: seguro, previdência e investimentos.

Na área do seguro, o contador é encarregado pelos cálculos das premiações e de muitas indenizações.

Na área da previdência, ele faz cálculos de fundos, faz relatórios de análises, assim como de alcance e de possíveis riscos. No caso do investimento, ele investiga e administra fundos de investimentos e também trabalha como consultor financeiro.

 

Leave a Comment